O Consumo no mundo e seus impactos!

O Consumo no mundo e seus impactos!

Por ano, um ser humano consome, em media, 2 arvores gastas com papel,90 latas de bebida,45 quilos de plástico,107 garrafas ou frascos de vidros e 70 mil litros em água.
Por dia cada ser humano joga fora quase 1 quilo de lixo.

Em todo o planeta, só de lixo domiciliar, são mais de 2 milhões de toneladas por dia,mais de 600 milhões de toneladas por ano.
Cerca de 40% do lixo urbano é papel.
O índice de desperdício de água no Brasil chega a 40% entre a produção e o consumo final.
O consumo global de petróleo é de 86 milhões de barris/dia, 1000 barris por segundo.
Desde 1970, a pegada de carbono mais do que dobrou.
As emissões antropogênicas provenientes de combustíveis fósseis aumentaram em 38% a partir de 1990.
O consumo global de carne era 71 milhões de toneladas em 1961. Em 2010, foi de 290 milhões de toneladas.
70% da floresta desmatada na Amazônia é ocupada por pastos.

Esses dados mostram que os padrões de consumo atuais são bastante insustentáveis: utilizamos cerca de 50% a mais do que temos disponível em recursos naturais,ou seja , precisamos de um planeta e meio para sustentar nosso estilo de vida atual.

 

Consequências do consumo insustentável:

O aumento no consumo de energia, água, minerais e elementos da biodiversidade são responsáveis por problemas ambientais, como a poluição da água e do ar, a contaminação e o desgaste do solo,o desaparecimento de espécies animais e vegetais e o agravamento das mudanças climáticas.

A escala das atividades humanas esta totalmente relacionada com a capacidade da Terra de sustenta-las. Dessa forma, com padrões de produção e consumo insustentáveis estamos sendo conduzidos à ultrapassagem dos limites seguros de importantes processos para a manutenção da vida no planeta.

 

Nove processos para os quais são necessários definir limites planetários:

  • Mudanças climáticas
  • Perda de biodiversidade (terrestre e marinha)
  • Interferência nos ciclos de nitrogênio e fósforo
  • Depleção da camada de ozônio
  • Acidificação dos oceanos
  • Uso global de água doce
  • Mudanças no uso da terra
  • Poluição química
  • Carga atmosférica de aerossol.

O alerta esta nos limites de três sistemas que já foram excedidos:

  • Taxa de perda de biodiversidade
  • Mudanças climáticas
  • Interferência humana no ciclo de nitrogênio

As consequências disso são ainda imprevisíveis em sua totalidade no que diz respeito à perpetuação da vida humana.
Assim, é certo que a busca por padrões de produção e consumo mais sustentáveis já não pode mais ser protelada.

O que é consumo sustentável?

É nesse cenário que se multiplica o conceito de consumo sustentável, como aquele que, num primeiro momento, questiona a real necessidade da compra e do consumo.Num segundo momento,considera fatores sociais e ambientais,juntamente com fatores financeiros,nas tomadas de decisão relacionadas ao consumo.
AS Nações Unidas,em 1998,definiram consumo sustentável como “o fornecimento de serviços e de produtos correlatos, que preencham as necessidades básicas e deem uma melhor qualidade de vida,ao mesmo tempo em que se diminui o uso de recursos naturais e de substancias toxicas,assim como as emissões de resíduos e de poluentes durante o ciclo de vida do serviço ou do produto,com a ideia de não se ameaçar as necessidade das gerações futuras”
Isso significa considerar, alem dos parâmetros econômicos (preço, prazo e validade),a avaliação do ciclo de vida dos produtos, dos riscos a ele associados e as implicações para o meio ambiente e para a sociedade,incluindo atributos se sustentabilidade.

 

Atributos de sustentabilidade

  • Ambientais

-usar avaliação de ciclo de vida para verificar impactos ambientais de produtos e embalagens.

-reduzir o material de embalagens

-incentivar a concepção de produtos recicláveis ou reutilizáveis

-considerar a toxidade de materiais e produtos,matéria-prima renovável,eficiência energética,uso de água,redução de emissões de gases e desperdícios.

 

  • Diversidade

– comprar de empresas pertencentes a mulheres e a minorias, como quilombolas e indígenas.

 

  • Segurança

-garantir o transporte seguro de insumos e produtos

-garantir que as instalações dos fornecedores sejam operadas com segurança.

 

  • Direitos humanos

-visitar instalações dos fornecedores para garantir que eles não estejam usando trabalho análogo ao escravo

-assegurar que os fornecedores cumpram com as leis de trabalho infantil

-solicitar aos fornecedores a pagarem um salário digno

 

  • Compras de pequenas empresas locais

-comprar de micro e pequenas empresas

-comprar de fornecedores locais

 

OBJETIVO

Todas as empresas privadas e órgãos públicos devem desenvolver seu Plano de Gestão de Logística Sustentável.

Todo cidadão deve saber e praticar a compra sustentável.

Dever de todos, praticarem e divulgarem a ideia da compra sustentável..

Por um mundo melhor para nossos filhos e netos.

Recommended Posts