ANVISA quer mudanças na rotulagem nutricional de alimentos.

ANVISA quer mudanças na rotulagem nutricional de alimentos.

ROTULO DE ALIMENTOS

 

Analisar a informação nutricional, no rotulo, de um produto alimentício na hora da compra é o primeiro passo de uma conduta saudável, por isso, fique atento aos rótulos e faça escolhas inteligentes.

 

A Diretoria Colegiada da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária aprovou, na segunda-feira (21/05/2018) o relatório preliminar da Analise de Impacto Regulatório (AIR) sobre mudanças nas regras para a rotulagem nutricional de alimentos. A medida visa facilitar a compreensão das principais propriedades nutricionais e reduzir as situações que geram engano quanto à composição dos produtos.

Alem disso, a ANVISA quer criar alertas para informar sobre o alto conteúdo de nutrientes críticos à saúde, facilitar a comparação entre os alimentos e aprimorar a precisão dos valores nutricionais declarados pela indústria, entre outras para o cidadão. De acordo com a analise da ANVISA, mudanças serão necessárias porque o modelo atual dificulta o uso da rotulagem nutricional pelos consumidores por problema de identificação visual, pelo baixo nível de educação e conhecimento nutricional. Também há confusão sobre a qualidade dos ingredientes e problemas de veracidade das informações, alem do uso de termos técnicos e matemáticos entre diversos outros motivos.

“O objetivo é facilitar o entendimento da rotulo nutricional pelo consumidor”

Com a aprovação interna do relatório preliminar de AIR, o estudo para proposição de novas regras para a rotulagem de alimentos segue para etapas de participação social: a realização de uma Tomada Publica de Subsidio (TPS) por 45 dias, mecanismo de consulta aberta à sociedade que tem o objetivo de coletar dados e criticas fundamentadas sobre a analise no relatório/estudo realizado; e pesquisas com a população brasileira sobre os modelos selecionados como possibilidades para a solução de problemas referentes à rotulagem.

A ANVISA informa que, após essas etapas, realizara,como é de praxe ,uma consulta publica da proposta de regulamento que abrira mais uma oportunidade para a participação social e do setor regulado,alem de órgãos de governo,defesa do consumidor e universidades.

Entenda as principais conclusões do relatório

 

TABELA NUTRICIONAL

  • A base de declaração dos valores nutricionais será alterada para 100g ou 100 ml
  • A lista de nutrientes de declaração obrigatória será modificada para excluir as gorduras trans- que serão objeto de restrição de uso em processo regulatório posterior- e incluirá os açucarem totais e adicionados
  • A lista de nutrientes ficou restrita aqueles com obrigatoriedade de declaração, e opcionalmente, aqueles nutrientes objeto de fortificação e alegações
  • Alem da atualização dos valores de referencia, alterando a nota de rodapé para indicar quais %VD (valores diários) são considerados altos e baixos.

 

  ROTULAGEM NUTRICIONAL FRONTAL

Uma das principais mudanças propostas foi a adoção de um modelo de rotulagem nutricional frontal que seja obrigatório, complementar à tabela nutricional, e que informe o alto teor de açucares adicionados, gorduras saturadas e sódio, de forma simples, ostensiva, compreensível

O modelo deve utilizar cores, símbolos e descritos qualitativos. Também deve estar baseado na declaração por 100g ou 100ml do alimento,de forma a garantir sua consistência com a tabela nutricional.

Alguns modelos que estão em avaliação:

PERFIL NUTRICIONAL

Os modelos de perfil nutricional são ferramentas usadas na categorização de alimentos com base na avaliação de sua composição nutricional, de acordo com princípios científicos.

O modelo de perfil que deve ser utilizado na rotulagem nutricional frontal é aquele elaborado pela Agencia, que faz a seguinte classificação:

-alto teor de açucares adicionados=10g para sólidos e 5g para líquidos

-gorduras saturadas =4g para sólidos e 2g para líquidos

-sódio = 400mg para sólidos e 200mg para líquidos

 

Como é em outros países?

Mais de 40 países já adotam algum tipo de rotulagem nutricional com informações na frente da embalagem. Modelos e formatos variam…

No Chile, o alerta ocorre por meio de octógonos pretos com frase sobre o alto teor. O Reino Unido usa dados e cores verde, amarela e vermelha, como semáforo. A França usa um sistema de escala de cores e letras, que vão de A a E, para classificar quão saudável é um alimento

No Brasil existem varias sugestões de fabricantes de produtos alimentícios e organizações sociais.

HISTORIA

28/02/2014-  WASHINGTON

 

DESTAQUE ÁS CALORIAS

A FDA, agencia que regulamenta alimentos e medicamentos nos EUA propôs, pela primeira vez em 20 anos,uma mudança nos rótulos nutricionais de alimentos embalados,dando mais destaque às calorias e ajustando o tamanho das porções à dose real vendida,segundo reportagem do jornal “New York Times”.

Este seria o primeiro redesenho significativo dos rótulos desde que o governo instituiu a obrigatoriedade destas informações no inicio da década de 1990. Os primeiros rótulos eram baseados nos hábitos alimentares e nutricionais dos anos 1970 e 1980 bem antes de o tamanho das porções terem aumentado bastante. As autoridades de saúde argumentam que as mudanças são necessárias para colocar os rótulos em sintonia com a realidade da dieta moderna americana.

Recommended Posts